UniEVANGÉLICA

 

Internato de Medicina leva estudantes da UniEVANGÉLICA para Angola

22.11.2019

Uma sementinha que foi lançada em 2015.  O Projeto Internato de Medicina em Angola começou a ser projetado em 2017, quando três professores do curso de Medicina passaram 10 dias em Angola dando andamento ao projeto.

Os professores Afonso Henrique Teixeira Issa, Louinne Issa Teixeira e Priscila Álvares Usevicius fizeram treinamento e capacitação de pessoas, assistência médica e reuniões para concretizar as parcerias.

A sementinha frutificou e nesta semana, embarca mais uma turma de sete alunos do curso de Medicina para um Internato que dura um mês. “Esse projeto é de suma importância. Da parte acadêmica, eles ficam conhecendo várias patologias que não são frequentes no Brasil. Além disso, tem a diversidade cultural e a fé cristã”, explica a Profa. Priscila Usevicius.

Ao todo, 25 alunos já participaram do projeto, que conta com dois professores preceptores enviados pela UniEVANGÉLICA. A iniciativa tem melhorado de forma significativa a qualidade dos atendimentos médicos em Lubango, cidade de aproximadamente um milhão de habitantes, no sudoeste da África.

Desde que o casal de médicos foi para Angola, já foram realizados milhares de atendimentos, treinamentos, cirurgias e palestras para capacitar os profissionais locais. Para quem vai, a experiência é indescritível.

“Para todos que vão é uma experiência muito rica. Eu recebi um agradecimento muito grande de um angolano, por compartilharmos conhecimento com eles. Mas eu fui o que mais cresci com essa experiência. Essa troca cultural é muito importante. Eu cresci não só como médico, mas como cristão e ser humano”, conta o acadêmico de Medicina, Adi Gonçalves.




UniEVANGÉLICA - Todos os direitos reservados
Como chegar na UniEVANGÉLICA