UniEVANGÉLICA

 

Legado do Curso de Direito permanece, avalia diretor: 'continuamos com corações gratos'

08.06.2018

A continuidade das ações e da importância do Curso de Direito para a comunidade de Anápolis e Região permanecerão por pelo menos mais 50 anos. A avaliação foi feita pelo professor Daniel Gonçalves Mendes da Costa, após a celebração dos 50 anos do curso, realizada de 28 a 30 de maio.

"O curso de Direito da UniEvangélica teve a oportunidade de comemorar os 50 anos da criação da então FADA - Faculdade de Direito de Anápolis. Foram três dias de celebrações pelo jubileu de ouro Mesmo diante de toda complexidade da greve dos caminhoneiros por todo o Brasil, as comemorações aconteceram em grande estilo, movimentando todo o curso", comemorou o professor Daniel.

O evento que celebrou o Jubileu de Ouro, juntamente com a XXIV Jornada Jurídica, foi marcado por momentos memoráveis. No dia 28 de maio, mesmo dia em que foi feita a instalação da faculdade em 1968 com a aula inaugural ministrada pelo professor Dr. Alberto Deodato Maria Barreto, ocorreu no Ginásio Poliesportivo do Centro Universitário uma noite de homenagens e resgate de uma parte da história do Curso de Direito, com ampla presença da comunidade acadêmica, egressos e pessoas de toda a sociedade.

"Sabe-se da importância da Faculdade de Direito de Anápolis, pois está entre as mais antigas da região Centro-Oeste. É a terceira faculdade de Direito do Estado de Goiás, sendo a primeira do interior, pois antes era ofertado o bacharelado em Direito apenas na Universidade Federal de Goiás e na Universidade Católica de Goiás, ambos na capital", explicou o diretor do Curso de Direito.

Foram realizadas homenagens ao longo da noite do dia 28 de maio, primeiramente ao professor Dr. Getúlio Targino Lima, vice-diretor e professor fundador que fez parte da comissão para abertura da FADA, juntamente com o saudoso Dr. Olímpio Ferreira Sobrinho - primeiro Diretor da FADA. Também foram homenageados seis dos nove diretores que estiveram à frente do curso nas últimas cinco décadas, e a atual Secretária Setorial Edna Alves Peronica.

"Neste projeto de resgate da história do curso, foi de extrema relevância o trabalho desenvolvido ao longo do semestre pelos professores José Roberto Bonome e Marcos Ricardo da Silva Costa, que incentivaram os alunos dos primeiros períodos a desenvolver pesquisas que resultaram na produção de banners, e um vídeo reproduzido no evento, tratando um pouco da estrutura, docentes e egressos do curso", citou ainda o diretor Daniel.

Evento

A celebração do Jubileu de Ouro inovou com programações voltadas a alunos e ao público externo. Nos dias 29 e 30 de maio, cerca de 300 alunos tiveram oportunidade de participar de palestras denominadas “Conhecendo Carreiras Jurídicas”, ministradas por ilustres egressos da instituição, tanto na carreira estadual como federal.

Participantes

Dr. Amaury Gérin de Amorim – Tabelião do 2º Tabelionato de Notas de Anápolis – egresso da 1ª Turma da FADA
Dr. Manoel Vanderic Correa Filho – Delegado de Polícia
Dr. Paulo Augusto Roriz de Amorim Marques – Oficial Substituto do 2º Tabelionato de Notas
Dr. Wandir Allan de Oliveira – Advogado especialista em Direito Eleitoral
Dr. Francisco Valle Brum – Juiz Federal da Subseção Judiciária de Anápolis
Dr. Wesley Luiz de Moura – Procurador da Fazenda Nacional
Dr. Timóteo Oliveira Sallum – Analista da Vara Federal da Subseção Judiciária de Anápolis

"Os atuais alunos, que dão continuidade à história do curso, presenciaram de perto parte da tradição do Curso e compartilharam com aqueles que fizeram parte do passado, um pouco dos anseios, desafios e caminhos percorridos para chegarem onde estão hoje", relembrou Daniel. O Cine Perfil, realizado no segundo dia, foi destaque pela presença de 120 alunos que debateram sobre a importância da argumentação ao debaterem o filme “Obrigado por fumar (Thank you for smoking – 2005)”.

O Simpósio do Núcleo de Pesquisa em Direito – NPDU teve como tema 'Sociedade, Políticas Públicas e Direitos Humanos'. "Alunos pesquisadores do núcleo, sob a coordenação de seus respectivos professores orientadores, tiveram oportunidade de apresentar e expor suas pesquisas à comunidade acadêmica", evidencia o diretor do Curso de Direito, professor Daniel Gonçalves Mendes da Costa.

Jornada Jurídica

No período noturno, a XXIV Jornada Jurídica movimentou o Ginásio Poliesportivo. A média de público presente nas duas noites foi de 900 pessoas, especialmente alunos, mas também muitos egressos, que assistiram a palestras com renomados professores no cenário nacional, especialmente na área de Direito Administrativo.

O professor Doutor Alexandre Mazza tratou sobre as “questões atuais da responsabilidade civil do Estado”. Nesta noite, antes da palestra, três grupos de alunos previamente selecionados da disciplina Direito Processual Penal, ministrada pela professora Aline Seabra Toschi, tiveram a oportunidade de paródias de própria autoria sobre os recursos do Processo Penal. "Esta atividade foi um sucesso, inclusive para o palestrante convidado da noite que transmitiu ao vivo pelo Instagram, causando uma grande agitação nas redes sociais", ressaltou Daniel Gonçalves, diretor do Curso de Direito.

Na última noite, o Professor e Procurador da Fazenda Nacional Matheus Caravalho tratou sobre “A improbidade administrativa e a corrupção no Brasil”.

"Como muito bem afirmou o saudoso fundador Dr. Olímpio Ferreira Sobrinho, “a FADA continuará sendo um milagre da bondade infinita de Deus.” Portanto, agora mesmo depois de meio século, continuamos com corações gratos pela comemoração do jubileu de ouro da existência do Curso de Direito e certos de que “grandes coisas fez o Senhor; por isso, estamos alegres" Sl 126.3, concluiu o professor Daniel Gonçalves Mendes da Costa, diretor do Curso de DIreito do Centro Universitário de Anápolis - UniEVANGÉLICA.




UniEVANGÉLICA - Todos os direitos reservados
Como chegar na UniEVANGÉLICA